Empresa de Bauru desenvolve ferramenta de venda online focada em shoppings e associações

Logo no começo da pandemia de Covid-19, em março de 2020, a empresa bauruense Gálata Tecnologia desenvolveu o Categorize. A ideia era ajudar o comércio local a entrar no formato digital. Agora eles focam no formato White Label, voltado para shoppings e associações.

A ferramenta Categorize, catálogo para oferecer produtos e serviços de forma organizada, integra o cliente ao Whatsapp da empresa. Com o formato “White Label”, um shopping ou associação oferece toda essa interface de forma personalizada para o lojista, sem a interferência do desenvolvedor do software.

Enquanto a Categorize é voltada para o cliente final, o White Label é para quem quer oferecer o sistema Categorize como marca própria para os seus clientes, como uma “terceirização” do sistema.

O sócio-proprietário da Gálata, Robson Carmona, acredita que o White Label é uma solução que a Associação pode oferecer aos lojistas ou associados.

As lojas estão fechadas e os vendedores estão usando o WhatsApp para vender. É importante para quem quer revender para um conjunto de empresas oferecer um catálogo digital, principalmente para o lojista que não tem estrutura para ter uma loja virtual. Em vez de contratar uma equipe de desenvolvedores, você já tem toda a ferramenta pronta”, explica.

Robson usa um shopping como exemplo porque ele possui uma rede de lojas e precisa buscar alternativas para ajudar seus condôminos a minimizar o prejuízo.

O shopping precisa se perguntar como pode ajudar o associado neste momento durante a pandemia. O único canal que não foi afetado agora foi o digital, então por que não oferecer às lojas essa ferramenta com a marca do shopping, já que o White Label é 100% personalizado. Isso passa credibilidade”, garante.

Melhor pra você!

Hoje o Categorize tem mais de 400 catálogos cadastrados em diferentes segmentos, de produtos a serviços. Cada loja tem seu catálogo e todo vendedor podia abrir uma conta para vender os produtos. Mas agora a ferramenta tem uma novidade. Cada lojista pode ter seu catálogo com seus vendedores ligados a uma única conta com o seu WhatsApp e o seu link, facilitando a padronização e organização da ferramenta.

Antes cada vendedor tinha que tirar as fotos, cadastrar, mandar para os seus clientes. Com esse recurso da Categorize, com uma única conta, a loja consegue criar sub catálogos para cada vendedor vinculado ao seu WhatsApp. Então de uma conta, ela pode ter 10 catálogos e tudo com a mesma base. Se trocou um produto na loja, automaticamente todos tem essa atualização”, esclarece.

O vendedor não precisa mais se preocupar em tirar foto e cadastrar o produto, a loja se responsabiliza por isso. O administrador cria o link, manda para os vendedores que enviam para os clientes. Tudo padronizado.

É muito útil para uma loja que tem uma equipe com mais de 3 vendedores, para quem tem revendedor e representante comercial”, exemplifica.

A ferramenta facilita a padronização de catálogos, a liberação do vendedor apenas para a venda, gerando uma gestão mais simples, onde tudo fica concentrado na matriz. “O administrador tem mais controle do que está acontecendo e dependendo de cada plano você pode incluir um número ilimitado de vendedores”.

Agilidade

A ferramenta é feita para ser ágil e poder ser administrada totalmente pelo celular. Além disso, não possui barreiras de conversão com o cliente, que é jogado diretamente para o WhatsApp, sem necessidade de cadastro prévio.

É muito rápido. A pessoa entra no catálogo, seleciona os seus itens e te chama no WhatsApp. Quando ele entra no WhatsApp, a loja não perde o contato com o cliente, porque se precisar colocar endereço, CEP, nome, e mais, cria-se uma barreira que faz o cliente fechar a página e perder o contato”, alerta Robson.

Intuitivo

Para divulgar um catálogo no Categorize, basta criar uma conta, cadastrar os produtos e serviços com as informações de contato e, por fim, divulgar o catálogo online da empresa.

Para quem não está acostumado com o digital, a plataforma é intuitiva. “É apenas foto, descrição e os dados da empresa, o resto ela faz tudo sozinha, muito simples”, conta Robson.

A plataforma também oferece tutoriais em fotos e vídeos, ensinando como navegar e seguir os procedimentos. Mas para quem, mesmo assim, não se adaptar é possível acionar o suporte por telefone ou WhatsApp. “A ideia é ser bem simples, a curva de aprendizado é baixa. É muito fácil de cadastrar”, afirma.

A Categorize tem uma versão gratuita que possibilita ter um vendedor para testar a ferramenta e posteriormente fazer um upgrade para outras versões.

 

Fonte – Social Bauru:

Categorize: ferramenta gratuita ajuda empresas de Bauru e região nas vendas

Deixe uma resposta