No seu aniversário de três anos, Gálata apresenta nova logo com arquétipos tecnológicos

Nova logo abandonou os tradicionais azul e branco para investir em diferentes tonalidades de verde e azul. Arquétipos tecnológicos ajudam a relação com a atividade da empresa e a caixa em volta da estrela ficou de fora, para deixar claro que não temos limites.

 

No último dia 18 de julho, a Gálata Tecnologia completou três anos de atividades. Pra marcar a data, preparou uma sequência de conteúdo e atividades até o final do mês de julho. O primeiro passo foi apresentar a nova logo da empresa, publicada oficialmente ontem, nas nossas redes sociais.

“A Gálata nunca parou de se transformar, nesse tempo todo. Mas, tendo em vista tudo que o mundo passou nos últimos dois anos e com a aceleração da transformação digital, começamos a sentir necessidade de deixar essa transformação mais clara”, afirmam os CEOs da empresa, Márcio Nóbrega e Robson Carmona. “E depois das transformações na economia provocadas pela pandemia, sentimos necessidade de estarmos mais próximos dos nossos clientes e do ecossistema empreendedor em geral, com cada vez mais disciplina na nossa esteira de produção e, por outro lado, um atendimento mais humanizado e empático. Aproveitamos a deixa do aniversário da empresa para por esses ajustes em prática”, completam.

A logo foi desenvolvida pelo designer Paulo Paiva, nosso líder de Produção e um dos profissionais mais antigos nos quadros da empresa. “A ideia foi inspirar a nova logo na proposta raiz da nossa empresa, que é levar a tecnologia para a pequena e média empresa, com recurso para lembrar as pessoas disso”, considerou. “Para isso, usei arquétipos e estereótipos tecnológicos, como as conexões – que já são super associadas à tecnologia – e os sinais de maior e barras, que são fechamentos de sessões que a gente usa em programação”, revela.

Paiva explica a manutenção da estrela e o fim da caixa, elementos presentes na logo antiga. “Mantive a estrela que é, desde o começo, o símbolo da empresa. Mas ela foi adaptada com o recurso das conexões”, diz. “E alguma coisa foi modificada durante os estudos, por exemplo, decidi tirar a caixa em volta da logo, para não parecer que somos limitados àqueles perímetros”, completa.

Ainda segundo o designer, o objetivo é que as pessoas que vejam a nova logomarca da Gálata, saibam (ou pelo menos, relacionem) qual é a atividade da empresa. “O objetivo é que empresários, clientes ou não, vejam a logo e saibam, logo de cara, que trabalhamos com tecnologia. Por isso ela foi criada com base nos arquétipos, para que as pessoas não tenham dificuldades de perceber”, diz. “Diferente de quando se cria layouts privilegiando a estética, com preto, dourado, prateado, que ficam, realmente, muito bonitos e elegantes, mas que não fazem relação, não fazem nenhuma ligação direta com a atividade daquela marca”, considera.

Além das formas e traços, a logomarca da Gálata ganhou novas cores. Saem os tradicionais branco e azulo para dar lugar a diferentes tons de verde e azul, dando ares mais modernos e dinâmicos à nossa comunicação visual.

Não viu a publicação de aniversário de três anos nas nossas redes sociais? Veja agora! 😊 E aproveite para seguir a Gálata Tecnologia e ser notificado, em primeira mão, sobre as nossas atualizações de conteúdo!

 

Instagram

Facebook

LinkedIn

Deixe uma resposta